Novo Concurso Público PM-AL 2018


  

Seleção irá selecionar profissionais para o cargo de Soldado Combatente.

No leste da região Nordeste do Brasil, novo certame público está em fase final de oficialização. Diretamente do gabinete do governo do Estado de Alagoas foi divulgada a informação de que o novo edital, que abre o concurso público destinado a promover cargos na Segurança Pública, será publicado até o dia 31 do mês de maio de 2018. Este processo de seleção visa ao preenchimento de diversas oportunidades no interior do quadro de pessoal do departamento da Polícia Militar de Alagoas, a PM-AL, e para vagas no Corpo de Bombeiros.

Há poucas semanas foi determinada qual será a banca organizadora, pelo mesmo órgão, cuja escolha foi realizada por meio da chamada dispensa de licitação. A instituição responsável pela condução do processo será a Cebraspe, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, em Seleção e na Promoção de Eventos, anteriormente chamado Cespe/UnB.

A etapa seguinte será a assinatura do devido contrato de prestação de serviços com a instituição Cesbrape, que definirá a oficialização definitiva do concurso. Este processo seletivo estará disponibilizando em torno de 600 postos de trabalho, dos quais 500 serão destinados à carreira de soldado e os demais 100 reservados ao departamento de bombeiros. Esta é uma das melhores oportunidades de se conquistar um cargo estável, bem remunerado e com chances de se conquistar uma carreira bem sucedida.

De acordo com o que está registrado no histórico do último concurso para cargos no departamento da Polícia Militar e para o Corpo de Bombeiros, do Estado de Alagoas, realizado no mês de julho de do ano de 2017, o processo de seleção visou ao preenchimento de mais ou menos um número de 1.150 vagas para os mesmos postos de trabalho, das quais 1.000 foram direcionadas para cargos de soldado combatente da PM de Alagoas. Todas as demais vagas estavam reservadas aos cargos de soldado combatente, com 140 postos e para o cargo de oficial combatente, com 10 postos destinados ao Corpo de Bombeiros.




O critério adotado como pré-requisito para a participação naquele certame foi o seguinte: todos os interessados em se candidatar estavam obrigados a apresentar os seus diplomas de ensino médio; necessitavam estar em idade entre 18 a 30 anos até a data da inscrição no concurso e possuir estatura mínima de 1,60 metros para as candidatas mulheres e 1,65 metros para os candidatos homens. Portanto, foi um processo de seleção realizado de forma rigorosa, respeitando todas as normas estabelecidas no edital, e promovendo as chamadas conforme a ordem de classificação de todos os candidatos que efetivamente participaram.

Naquela ocasião, a instituição contratada para coordenar a organização do certame também foi o Cespe-UnB (Centro Brasileiro de Pesquisa e em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos). A prova objetiva consistiu em um caderno com 120 questões de múltipla escolha e uma resposta certa, versando sobre os devidos conhecimentos gerais e os conhecimentos específicos; outro detalhe do exame foi a realização de prova discursiva, ou seja, de redação, no caso, apenas para o cargo de oficial.

Portanto, todas as pessoas interessadas necessitam manter-se constantemente informadas pela internet, no sentido de adiantarem-se sobre o período de inscrições, sobre os valores a serem cobrados, sobre o conteúdo programático, sobre as regra das cotas estabelecidas, sobre vagas para pessoas com deficiência, entre outros termos.

Vale a pena conferir, já que se trata de dois concursos em um, com a abertura de diversas oportunidades, cujas exigências não são muitas, e os benefícios ofertados a todos os concorrentes classificados, incrementam os cargos estáveis.

Paulo Henrique dos Santos


Deixe seu comentário