Concurso Público da Polícia Civil SP 2018 – Banca Organizadora



  

Concurso deverá ofertar 2.750 vagas para cargos de nível médio e superior.

A Polícia Civil de São Paulo definiu recentemente a banca organizadora do seu próximo concurso, que deve oferecer aproximadamente 2.750 novas oportunidades de emprego.

É isso mesmo! De acordo com registro realizado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, na última sexta-feira, o concurso público, que antes não passava de meras especulações, vai sim acontecer e a banca responsável por organizar cada etapa do processo seletivo já foi escolhida e será a Fundação Vunesp.

Ao que parece, a banca organizadora foi definida de forma bastante direta, isto é, não houve necessidade de receber qualquer licitação para que a banca pudesse ser escolhida. Desse modo, acredita-se que os editais do concurso da PC/SP possam ser publicados ainda neste mês de março.

Até o momento, sabe-se que do total de 2.750 vagas de emprego que estão sendo ofertadas, cerca de 1.100 são destinadas a cargos que exigem dos candidatos ter o ensino médio completo. Por outro lado, os demais 1.650 cargos são para profissionais que possuem formação de nível superior. Nesse caso, os salários no início da carreira podem chegar a até R$ 10.140.

O secretário de segurança do Estado realçou ainda a possibilidade de os candidatos terem que escolher entre prestar a prova do concurso para apenas um cargo. Isso porque, mesmo que por hora ainda não tenha havido a confirmação de que os editais devem ser publicados em uma mesma data, é bem provável que isso deva acontecer.

Sabe-se até agora que as provas para os cargos de escrivão e investigador devem ocorrer no mesmo dia. Isso porque, em novembro de 2017 foi aprovada uma resolução que dizia que provas dissertativas, como nesse caso, deveriam ser aplicadas ao mesmo tempo. Desse modo, é bom que o candidato esteja bastante decido pela sua escolha, uma vez que a dissertação vale 100 pontos e para conseguir ser aprovado o participante deve fazer, no mínimo, uma pontuação equivalente a 50% do total da prova, isto é, 50 pontos.

Os cargos, as vagas e as remunerações voltadas para participantes que possuem o certificado de conclusão do Ensino Médio são as seguintes:

Auxiliar de Papiloscopista- 200 vagas- salário inicial de R$ 3.430;

Papiloscopista Policial-200 vagas- salário inicial de quase R$ 4.100;

Agente Policial- 400 vagas- remuneração inicial de R$ 3.420;




Agente de telecomunicações – 300 vagas- remuneração de R$ 4.090.

Vale ressaltar ainda que os profissionais que trabalham nessa área, por expor suas vidas ao perigo, devem contar ainda com o adicional de insalubridade que varia de valor de acordo com o cargo ou com a periculosidade do lugar.

Já aqueles que possuem a formação em nível superior podem prestar à prova para os seguintes cargos:

Delegado- 250 vagas- remuneração inicial de R$ 10.142

Escrivão- 800 vagas- remuneração inicial de R$ 4.200

Investigador de Polícia- 600 vagas – salário inicial de R$ 4.190.

No total dos salários divulgados acima, já estão incluídos os adicionais de insalubridade, que é direito de qualquer profissional que coloca a sua vida em risco durante a sua atividade laboral.

Os concursos da PC/SP são sempre muito concorridos, isto é, o número de candidatos em relação ao número de vagas é muito extenso. Dessa forma, os candidatos, que buscam a aprovação no certame, precisam dedicar-se ao máximo nos estudos, a fim de que possam dominar as matérias que devem ser cobradas no exame de seleção. Sendo assim, um método bastante utilizado pelos concurseiros e vestibulandos de todo o país é o de refazer provas anteriores montadas pela banca organizadora do concurso, que neste caso é a Fundação Vunesp.

Além de treinar a sua condição intelectual e psicológica, o candidato também consegue estipular o tempo que possui para conseguir responder determinada questão. Somado a isso, pode verificar o seu desempenho e dessa forma identificar quais matérias tem mais facilidade e quais precisa focar mais nos estudos.

Ana Paula Oliveira Coimbra


Leave your comment