Concurso PGM de São Bernardo do Campo SP 2018 – Inscrições, Vagas


  

Procuradoria Geral do Município de São Bernardo do Campo, em São Paulo, oferta 9 vagas para o cargo de Procurador I.

Essa matéria é direcionada para você que é formado na área das Ciências Jurídicas e está em busca de uma oportunidade de trabalho no âmbito do serviço público. No estado de São Paulo, a Procuradoria Geral do Município (PGM) de São Bernardo do Campo publicou no dia 25 de maio (sexta-feira) o edital para seu próximo certame que pretende preencher 9 vagas e oferece salário de R$ 9,6 mil. Para saber mais informações, veja a seguir.

Sobre as inscrições no concurso público da PGM de São Bernardo do Campo

O prazo para os interessados se cadastrarem no processo seletivo começará na quarta-feira, dia 6 de junho e vai até o dia 26 de junho (terça-feira). Quem quiser participar do certame deve acessar o portal eletrônico da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista, também chamada de Fundação Vunesp, que é a banca selecionada para organizar todo o concurso da procuradoria (www.vunesp.com.br/?b=concurso). É necessário preencher o formulário de cadastro e pagar a taxa, que custa R$ 82,20. A data limite para que os candidatos efetuem o pagamento do boleto é 27 de junho (quarta-feira).

Sobre as vagas anunciadas no edital da PGM

O município de São Bernardo do Campo visa contratar 9 profissionais com escolaridade de nível superior completo em Direito e registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O diploma deve ser emitido por instituição de ensino superior devidamente regulamentada junto ao Ministério da Educação (MEC). Do total de vagas oferecidas, 8 são para ampla concorrência e 1 para pessoas com necessidades especiais (PNE). A remuneração inicial para quem ingressar na carreira é de R$ 9.611,41 e a jornada semanal de trabalho é de 40 horas. O cargo disponível é de procurador I.

Sobre as atribuições do procurador

Quem for aprovado para a Procuradoria Geral do Município de São Bernardo do Campo será responsável por elaborar recursos e petições, acompanhar procedimentos judiciais, prestar consultoria e assessoramento jurídico, elaborar minutas de atos e de contratos, defender interesses do Município de São Bernardo do Campo, entre outras atividades.

Sobre os requisitos

Além de possuir escolaridade compatível com o cargo pretendido, os concorrentes devem atender aos seguintes requisitos: possuir no mínimo 18 anos de idade na data da posse, ser brasileiro, estar em dia com as obrigações militares, se o candidato for do sexo masculino, possuir aptidão física e mental, estar em dia junto à justiça eleitoral, não possuir antecedentes criminais, entre outras exigências.

Quais são as etapas do processo seletivo da PGM de São Bernardo do Campo?




O processo seletivo contará com 3 fases, quais sejam: 1) prova objetiva – na qual os candidatos devem responder a 60 quesitos em 3 horas e 30 minutos. Esse tempo servirá para preencher o cartão de respostas, pois não haverá tempo extra; 2) prova prático-processual – que consiste em uma peça processual. A duração dessa avaliação é de 2 horas; 3) avaliação de títulos – na qual serão computados pontos para as seguintes experiências: diploma de doutorado ou mestrado em Ciências Jurídicas e Sociais e certificado de especialização com carga horária mínima de 360 horas.

As disciplinas cobradas na primeira etapa são: Direito Processual Civil, Administrativo, Processual do Trabalho, Civil, Constitucional, Tributário, Financeiro, Direito do Consumidor, Legislação Penal Especial, Direito Penal, Previdenciário, Direitos Difusos e Coletivos e Direito do Trabalho.

A data prevista para realização da primeira e da segunda etapa é no dia 26 de agosto (domingo), pela manhã ocorrerá a prova de múltipla escolha e à tarde será aplicada a prova prática.

Mais detalhes do certame da PGM de São Bernardo do Campo

O concurso público será válido por 2 anos e poderá ser prorrogado por mesmo tempo

Por Melisse V.


Deixe seu comentário