Interessados devem ter ensino superior e salários podem chegar a R$ 10 mil.

Novo certame público está em processo de formação no Estado de São Paulo. Trata-se do novo processo seletivo anunciado por meio do Diário Oficial, em sua edição do dia 16 e maio de 2018. A portaria autoriza, desta vez, a realização de um novo concurso no interior do departamento do Ministério Público do Estado de São Paulo, MP-SP. Esta seleção visa ao preenchimento três postos de trabalho para o setor de analista de promotoria II, na especialidade de agente de promotoria.

O requisito básico necessário para se concorrer ao posto de agente de promotoria está na posse de diploma de formação superior em qualquer área de atuação profissional. O vencimento inicial está no valor de 10.652,28 mil reais, dos quais 9.942,28 correspondem ao vencimento e 710 reais ao direito a auxílio-alimentação.

Os servidores que exercem essa função no Estado estão encarregados, oficialmente, das seguintes tarefas: atuar na efetuação de diligências no sentido de fazer localizar pessoas; atuar na efetuação de diligências e em pesquisas no sentido de obter dados necessários ao interesse do Ministério Público; atuar no empreendimento de medidas necessárias que propiciem conhecimentos sobre fatos e situações de interesse do Ministério Público; fazer proteger todo tipo de informações sigilosas que são produzidas, recebidas ou mesmo armazenadas no cerne do órgão do Ministério Público; atuar no auxílio e no oferecer a devida proteção aos membros do Ministério Público, sem que esse fator cause prejuízo, quando um caso assim o exigir, dentro da ação de Assessoria Militar na Procuradoria-Geral de Justiça; analisar informações provenientes das várias áreas de atuação do Ministério Público, além de atuar no desempenho das demais atividades correlatas.

Todo esse evento está em conformidade com um novo projeto de lei, dentro da ordem do dia, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo, a Alesp, na qual o mesmo projeto de lei se destina a abrir mais 320 oportunidades no interior do quadro de pessoal do MP de São Paulo. Deste total de postos a serem abertos, serão 250 vagas destinadas à função de oficial de promotoria I; serão 40 vagas destinadas à função de analista de promotoria II, na especialidade de agente de promotoria e as últimas 30 vagas destinadas ao setor de analista de promotoria I, com especialização na área da saúde e de assistência social.




Assim que este novo edital estiver definitivamente aprovado, será possível abrir mais espaço para a convocação de mais concorrentes, para nomeação e posse, dentro do prazo de validade do novo concurso do Ministério Público do Estado de São Paulo, no cerne do setor de agente de promotoria.

De acordo com o histórico do último concurso realizado no mesmo órgão, promovendo o mesmo tipo de carreira, ou seja, para a função de analista de promotoria II, realizado no ano de 2013, havia sido publicado, por meio do Ministério Público do Estado de São Paulo, um edital que ofertou em torno de 29 postos de trabalho na função de analista de promotoria II, dentro especificação em agente de promotoria.

A banca organizadora, na ocasião, foi a IBFC (Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação). O processo de seleção estava programado para distribuir postos de trabalho nos seguintes municípios paulistas: na capital, ou seja, na Grande São Paulo e na cidade de Araçatuba; cidade Bauru; cidade de Campinas; cidade de Franca; cidade de Piracicaba; cidade de Presidente Prudente; cidade de Ribeirão Preto; cidade de Santos, região do Vale do Ribeira; em São José do Rio Preto; na cidade de Sorocaba e na cidade de Taubaté.

Vale a pena conferir. Todas as pessoas interessadas e residentes no Estado de São Paulo terão grandes chances de concorrer a cargos bem remunerados e estáveis. É necessário manter-se atento aos próximos passos deste concurso público prestes a ser oficializado.

Paulo Henrique dos Santos


Deixe seu comentário