Concurso Brigada Militar RS 2018 – Inscrições, Vagas



  

Certame visa contratar 200 profissionais para o cargo de Capitão do Quadro de Oficiais de Estado Maior da Brigada Militar (QOEM) da Polícia Ostensiva.

Quem tem formação de nível superior e pretende seguir carreira militar pode saber aqui sobre uma ótima informação. No estado do Rio Grande do Sul, a Brigada Militar (PM RS) publicou o edital do seu próximo concurso público. As chances são para 200 profissionais. Veja outras informações a seguir.

Como posso me inscrever?

Para se cadastrar no certame da PM RS você deve acessar o endereço eletrônico fundacaolasalle.org.br/concursos/?filtro=em-breve. O prazo para realizar a inscrição terá início no dia 1º de fevereiro (quinta-feira) e se estende até o dia 1º de março (quinta-feira). O valor da taxa custa R$ 187,77. O pagamento do boleto pode ser efetuado até o dia 2 de março (sexta-feira).

A banca escolhida para ser responsável pela organização do concurso da PM RS é a Fundação La Salle.

Oportunidade na PM RS

O edital prevê a contratação de 200 vagas para Capitão do Quadro de Oficiais de Estado Maior da Brigada Militar (QOEM) da Polícia Ostensiva. Há vagas exclusivas para pessoas com necessidades especiais (PNE) e também para quem se autodeclarar negro ou pardo.

A remuneração ofertada é de R$ 11.620,55. Além disso, os candidatos aprovados terão direito a receber benefícios. A carga horária de trabalho corresponde a 40 horas por semana.

Os aprovados no concurso farão o curso Superior de Polícia Militar (CSPM), que terá duração de dois anos. O local de realização desse curso será na Academia de Polícia Militar (APM).

Quais são os requisitos?

Para participar é necessário apresentar diploma de graduação do curso de Direito ou Ciências Jurídicas e Sociais, emitido por instituição de ensino superior (IES) devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

Também são exigências: ter idade de até 29 anos, até a última data de inscrição no processo seletivo, altura mínima de 1,60m se for do sexo feminino e 1,65m, se for homem.

Veja outras exigências: estar em dia com as obrigações militares, ter nacionalidade brasileira, não possuir condenação criminal, entre outros requisitos.

Quais são as atribuições do capitão na PM RS?

Se você for aprovado, terá como atribuições: preservar a ordem pública, exercer a polícia ostensiva, planejar, controlar e fiscalizar operações policiais, ordenar despesas, fazer a gestão dos recursos, apurar infrações administrativas, expedir documentos públicos, exercer a polícia judiciária militar por meio de autos de infração, entre outras atividades.

Etapas do processo seletivo PM RS




As fases do certame consistem em 5, quais sejam: 1) prova intelectual – prova de múltipla escolha, prova discursiva e de títulos; 2) exame de saúde; 3) teste de aptidão física (TAF); 4) exame psicológico – testagem coletiva, entrevista em grupo e individual; 5) prova oral.

Da primeira etapa, as provas objetiva e discursiva ocorrerão na data provável de 15 de abril de 2018 (domingo) na capital do Rio Grande do Sul, Porto Alegre. Os candidatos terão 4 horas para responder a 80 quesitos de múltipla escolha e 3 horas para responderem a 10 questões subjetivas em até 20 linhas, no máximo.

As matérias cobradas na prova objetiva são: Direito Civil, Direito Constitucional, Português, Direito da Criança e do Adolescente, Direito Penal, Processual Penal Militar, Direito Administrativo, Internacional, Direitos Humanos, Legislação Aplicada à Função, Penal Militar e Processual Penal.

Serão considerados para marcação da pontuação na avaliação de títulos: diploma de uma segunda graduação, especialização com mínimo de 360 horas, mestrado e doutorado.

O candidato deverá realizar os seguintes exames para a segunda etapa: raio x do tórax, glicose, eletroencefalograma, exame comum de urina, ergometria, oftalmológicos, ginecológicos, entre outros.

Os concorrentes serão avaliados quanto à capacidade física de corrida e de realizarem flexões.

As disciplinas cobradas na fase oral do processo seletivo são: direito processual penal, direito constitucional e processual penal militar.

Mais detalhes

Confira outros detalhes aqui fundacaolasalle.org.br/concursos/?filtro=em-breve. Veja inclusive a sugestão de bibliografia para cada disciplina.

O concurso será válido por 2 anos e pode ser prorrogado uma vez a critério da instituição.

Por Melisse V.


Leave your comment