Novo Concurso do Ibama – Pedido em Análise


  

Pedido faz a solicitação de 1.529 vagas.

O MPDG (Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) está analisando a solicitação de que seja aberto um novo concurso para o Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis). O encaminhamento da solicitação foi feito em 31 de maio deste ano.

De acordo com as informações da assessoria de imprensa do órgão, o pedido faz a solicitação de 1.529 oportunidades, considerando que desse total, 680 serão para chances em aberto e as outras 849 oportunidades para as que estarão vagas ao longo dos próximos três anos. Tais chances de reposição irão servir para o preenchimento das futuras aposentadorias e assim, não haverá defasagem no quadro de funcionários do instituto.

No que se referem as 680 vagas imediatas, as oportunidades serão dividas nas seguintes carreiras: analista administrativo (180 vagas) e analista ambiental (500 vagas). No que tange as outras 849 oportunidades, estarão voltadas para a ocupação de todos os postos que ficarem em aberto, como é o caso do cargo de técnico administrativo.

Para concorrer às vagas de preenchimento imediato (cargos de analista ambiental e analista administrativo) é necessário que o candidato possua nível superior completo, ao passo que o cargo de técnico administrativo exige apenas a formação no ensino médio.




Os salários iniciais são de R$ 3.712,72 para o cargo de técnico e R$ 7.760,45 para os cargos de analista. Já está incluso em tais valores o auxílio-alimentação de R$ 458.

A expectativa é muito grande de que o Planejamento possa conceder o concurso do Ibama, considerando que o órgão não possui seleções vigentes e está enfrentando defasagem de pessoal, que irá se acentuar ao longo dos próximos anos.

O último concurso público para o cargo de analista ambiental do Ibama foi feito no ano de 2012 e anunciava uma oferta de 108 vagas, das quais 45 eram para o setor de licenciamento ambiental no Distrito Federal, 15 voltadas ao licenciamento ambiental no estado do Rio de Janeiro, 27 vagas para controle, monitoramento, regulação, fiscalização e auditoria ambiental no DF e 21 vagas para gestão, proteção e controle da qualidade ambiental também no DF. No total, mais de 16 mil pessoas se inscreveram para o processo de seleção.

Os últimos processos seletivos foram organizados pelo Cespe/UnB.

Iris Gonçalves


Deixe seu comentário