Concurso TST 2018 – Edital será publicado em breve


  

Certame terá vagas para os cargos de Analista Jurídico e Técnico. Edital será divulgado em breve.

Se você está na expectativa de notícias sobre um novo concurso público do Tribunal Superior do Trabalho, as novidades que chegam são bastante animadoras. É que nos próximos dias o edital de abertura do novo concurso público do TST será publicado. A informação partiu do próprio presidente do Tribunal, Ives Gandra Filho, que no último dia 1º do mês de agosto fez o anúncio. De acordo com as primeiras informações serão disponibilizadas na concorrência vagas para cargos de Analista Jurídico e Técnico.

A notícia foi divulgada na última terça-feira, dia 1º de agosto, no site oficial do TST. Além disso, o presidente do órgão falou em uma sessão extraordinária realizada no plenário do Órgão. Conforme as palavras do presidente, este segundo semestre do ano possui um perfil desafiador já que são previstas muitas mudanças legislativas. Ainda de acordo com Ives, a realização de um novo concurso para as carreiras de Técnico judiciário e Analista Judiciário é atender a uma necessidade atual do órgão, já que existe uma defasagem no Tribunal, em decorrência de aposentadorias e reduções no quadro de servidores.

Para a organização e realização do concurso a empresa contratada foi a Fundação Getúlio Vargas, que aguardava somente um novo Regimento Interno do órgão ser publicado, para assim publicar o edital de abertura do certame. De acordo com informações recentes, neste concurso já serão cobrados conteúdos baseados nesse novo regimento. Contudo não há uma certeza sobre isso, uma vez que para que o novo regimento só pode ser cobrado se já estiver em vigor quando o edital de abertura do concurso for publicado.

Oportunidades para Nível Médio:

Quem possui ensino médio completo poderá concorrer ao cargo de Técnico em várias áreas, como administrativa, apoio especializado/programação e administrativa/segurança judiciária, sendo que em algumas é indispensável a formação técnica.

Um técnico judiciário possui como remuneração inicial o equivalente a R$ 6.167,99.

Oportunidades para Nível Superior:

Quem possui formação de nível superior pode entrar na concorrência pelo cargo de Analista Judiciário, nas áreas de apoio especializado/análise de sistemas, apoio especializado/contabilidade, apoio especializado/taquigrafia e apoio especializado/suporte em tecnologia da informação.

Um profissional neste cargo possui uma remuneração inicial no valor de R$ 10.119,93.

Ao que tudo indica como foi realizado em concurso anterior, os inscritos no certame terão que realizar prova objetiva, teste discursivo, redação e exame prático, conforme o cargo pretendido. As provas e demais avaliações devem ser realizadas em Brasília, Distrito Federal.

Benefícios dos Servidores do TST:

Um servidor do Tribunal Superior do Trabalho é contratado considerando o regime estatuário, assegurando-lhe a estabilidade empregatícia e recebe além de remuneração mensal, diversos benefícios. São eles:




– Auxílio-alimentação no valor de R$884;

– Auxílio-creche no valor de R$699;

– Auxílio pré-escolar;

– Adicional de qualificação;

– Auxílio transporte.

Último Concurso Público do Tribunal Superior do Trabalho

O último concurso realizado pelo órgão aconteceu no ano de 2012, quando foram disponibilizadas para a concorrência o equivalente a 37 vagas, para a lotação imediata e ainda para a formação de Cadastro de Reservas.

Na ocasião a empresa contratada para a organização do certame foi a Fundação Carlos Chagas, que contabilizou o total de 77.887 inscritos.

Nesse sentido, a expectativa é de que já na próxima semana o edital e abertura com todas as informações do novo concurso seja publicado, de modo que se tudo estiver de acordo com a lei, as provas possam ser realizadas ainda este ano, para que os aprovados possam ser lotados já no início do ano que vem

Se você possui interesse em realizar este concurso, a recomendação é de que a preparação para as provas já tenha início, visto que se espera um elevado número de inscritos, considerando a situação econômica que o país vem enfrentando.

Por Sirlene Montes


Deixe seu comentário