Concurso TRF-1 2017 – Inscrições, Vagas, Banca Examinadora e Provas


  

Seleção oferece 20 vagas para Analista e Técnico Judiciário. Inscrições poderão ser feitas até o dia 3 de outubro de 2017.

Na atualidade prestar um concurso público é garantir estabilidade e segurança de emprego para muitas pessoas. Porém, para conquistar uma vaga em um concurso municipal, estadual ou federal, é preciso estar preparado.

Um cargo público é o sonho de muitos brasileiros, tendo em vista a grande dificuldade de encontrar um emprego que ofereça diversos benefícios e facilidades, além da segurança financeira.

Hoje no país são mais de 14 milhões de desempregados e a procura por concursos públicos está cada vez mais concorrida. Poucas vagas para muitas pessoas.

Se você está se preparando para prestar um concurso público, neste artigo vai encontrar a oportunidade de como ingressar em um cargo público, no entanto, esta chance é para a região que abrange o Distrito Federal, Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Piauí, Rondônia, Roraima e Tocantins.

Está interessado em saber como participar do processo? Continue lendo este artigo e veja mais detalhes.

20 vagas e cadastro de reserva

O concurso público aberto com 20 vagas para diversos cargos e alguns com cadastro de reserva é para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que abrange alguns estados da região norte, nordeste e centro oeste.

O edital foi divulgado na última quarta-feira (6), com vistas a preencher os cargos de níveis superior e médio respectivamente.

No site do Diário Oficial da União é possível ter acesso ao edital completo. No entanto, vamos adiantar alguns detalhes importantes que devem ser observados antes de efetuar seu cadastro.

Cargos e Salários

A primeira coisa que um concurseiro busca saber é o salário e em seguida o cargo que está sendo oferecido. Neste concurso os salários para os cargos de nível superior são de R$ 10.461,90 por 40 horas semanais de jornada de trabalho.

Para os cargos de nível médio, a remuneração será de R$ 6.376,41 por 40 horas de jornada semanal.

Os cargos de nível superior são: Analista Judiciário para as áreas administrativa, judiciária e especialidade de oficial de justiça avaliador federal, apoio especializado de informática e taquigrafia.

Já para os cargos de nível médio são: Técnico Judiciário para as áreas administrativa, apoio especializado de taquigrafia e especialidade de segurança e transporte

Banca examinadora




A preocupação de muitos concurseiros é saber também qual será a banca responsável pela avaliação e seleção dos candidatos. Este ano o concurso do TRF da 1ª Região será feito pelo Cespe (Centro de Seleção e Promoção de Eventos).

Para quem já prestou concurso desta banca já está familiarizado com os modelos de provas. Uma dica é buscar por provas anteriores deste centro de seleção e identificar como é feito a avaliação e o estilo de prova que é aplicado.

Inscrições

As inscrições para o concurso podem ser feitas até o dia o 3 de outubro. O prazo aberto será de 13 de setembro a 3 de outubro. O interessado vai ter pelo menos 20 dias para se cadastrar e validar sua candidatura.

Todas as candidaturas estão sendo realizadas diretamente pelo site da Cespe, no link: www.cespe.unb.br/concursos/trf1_17_servidor.

As taxas serão recolhidas e devem ser pagas até a data final das inscrições. O valor é de R$ 86 para os cargos de nível superior e R$ 75 para os cargos de nível médio.

Provas

Como já falamos, as provas serão aplicadas pelo Cespe e serão avaliações de caráter objetiva, discursiva, prática para o apanhamento taquigráfico e aptidão física.

Alguns procedimentos serão obrigatórios para verificação da condição declarada para negros e deficientes físicos. As verificações serão feitas em Belo Horizonte, Belém, Boa Vista, Brasília, Cuiabá, Goiânia, Macapá, Manaus, Palmas, Porto Velho, Rio Branco, Salvador, São Luis e Teresina, respectivamente.

A duração das provas será de 4 horas e 30 minutos para as objetivas e discursivas e serão realizadas no período da manhã, no dia 26 de novembro de 2017, para os cargos de nível superior.

No entanto, as provas aplicadas para o nível médio terão uma hora a menos em relação do nível superior, sendo 3 horas e 30 minutos de duração. Elas serão aplicadas no dia 26 de novembro e realizadas no período da tarde.

A validade do concurso descrito em edital será de 2 anos, podendo ser prorrogado apenas uma vez por igual período.

Para consultar o edital completo acesse o Diário Oficial da União no link: http://pesquisa.in.gov.br/.

Marcio Ferraz


Deixe seu comentário