Concurso TCM BA 2018 – Inscrições, Vagas



  

As vagas disponíveis são para os cargos de auditor estadual de controle externo e auditor estadual de infraestrutura.

Se você estuda para ser aprovado em concurso público da área de controle e almeja um cargo com boa remuneração, saiba aqui a respeito de uma ótima oportunidade para quem tem formação de nível superior completa. No estado da Bahia, o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM BA), em 13 de janeiro (sábado), publicou no diário oficial do estado, o edital do seu próximo certame.

Confira mais informações sobre o processo seletivo a seguir:

Como posso me inscrever?

Os interessados devem acessar o endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/tcm_ba_17 para preencherem o formulário de cadastro. O prazo tem início em 19 de janeiro (sexta-feira) e se estende até 19 de fevereiro (segunda-feira).

A taxa custa R$ 160 e deve ser paga até o dia 21 de fevereiro de 2018 (quarta-feira). Se você for inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderá solicitar isenção do pagamento da taxa até o dia 25 de janeiro (quinta-feira).

A banca escolhida para ser a responsável pela organização do certame é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

Quais são as chances oferecidas?

As vagas disponíveis são para os cargos de auditor estadual de controle externo eauditor estadual de infraestrutura. Devido à quantidade de chances ofertadas, sendo 8 ao total para ampla concorrência, não há reserva de oportunidades exclusivas para quem é portador de necessidades especiais (PNE). Mas há vagas reservadas para candidatos que se autodeclaram negros. Além disso, haverá formação de cadastro reserva.

A remuneração para quem iniciar na carreira de auditor estadual é de R$ 11.317,17. Além disso, os servidores têm direito a diversos benefícios como, por exemplo, a Parcela Variável por Desempenho Funcional (PVDF). A jornada de trabalho corresponde a 40 horas semanais.

Requisitos e atribuições

Para se candidatar à função de auditor de controle externo é necessário possuir graduação em Ciências Contábeis, Administração, Ciências Econômicas, Direito ou Tecnologia da Informação. As principais responsabilidades são: realizar auditorias, elaborar estudos e pesquisas, emitir pareceres, entre outras tarefas.




Já para ocupar o posto de auditor de infraestrutura, é preciso ser formado em Arquitetura ou Engenharia Civil. Além disso, é requisito comprovar 3 anos de vivência profissional. Dentre as atividades pertinentes a esse cargo estão: elaborar relatórios, realizar estudos, desenvolver atividades de autoria, entre outras atribuições.

Etapas do processo seletivo

Os concorrentes serão examinados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – com 100 quesitos com 5 opções, sendo apenas uma correta. A data prevista para aplicação da avaliação de múltipla escolha é 8 de abril (domingo); 2) prova discursiva – sendo 2 questões discursivas que devem ser respondidas em até 20 linhas cada, e 1 estudo de caso cuja resposta deve conter 50 linhas no máximo sobre conhecimentos específicos. Essa etapa está programada para a data de 13 de maio (domingo). Ambas as fases ocorrerão na cidade de Salvador, capital do estado da Bahia; 3) Avaliação de títulos – de caráter classificatório, e que serão considerados diploma de doutorado, mestrado, especialização com carga horária mínima de 360 horas-aula, atuação na área privada ou pública nas especialidades pretendidas, exercício de atividade profissional de nível superior ou autônoma.

Os documentos comprobatórios dos títulos devem ser entregues, quando forem convocados aqueles aprovados na segunda fase do concurso.

As disciplinas cobradas para o cargo de auditor de controle externo são: português, controle externo da administração pública, administração financeira e orçamentária, auditoria governamental, contabilidade pública, contabilidade geral, direito administrativo, direito constitucional, noções de direito processual civil, direito previdenciário, análise de informação e direito financeiro.

Já as matérias para o cargo de auditor de infraestrutura são: língua portuguesa, controle externo, administração financeira e orçamentária e orçamento público, noções de auditoria, noções de direito administrativo e constitucional, análise da informação, obras – planejamento, normas, fiscalização e legislação, obras de edificações, obras hídricas e obras rodoviárias.

Mais detalhes

Para conferir outras informações sobre o processo seletivo, acesse aqui www.cespe.unb.br/concursos/tcm_ba_17. O certame será válido por 2 anos e pode ser prorrogado por mesmo tempo, uma única vez e a critério do órgão.

Por Melisse V.


Leave your comment