Concurso TCE PB 2018 – Inscrições


  

Seleção recebe inscrições de 11 a 29 de novembro para a ocupação de 20 vagas de emprego.

O TCE da Paraíba (Tribunal de Contas do Estado) lançou edital para o seu concurso público para o próximo ano.

Conforme informado pela banca organizadora do processo seletivo, o Cebraspe (Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos), o certamente será realizado com o objetivo de preencher 20 vagas para cargos de ensino médio e superior.

Os interessados em participar da seleção devem se inscrever do dia 11 a 29 de novembro. A instituição oferece oportunidades para duas áreas profissionais, pagando salários iniciais altos.

Confira abaixo mais informações sobre o concurso TCE da Paraíba 2018:

Vagas

O concurso TCE/PB está oferecendo 20 vagas para ocupar as funções de Agente de Documentação (05) e Auditor de Contas Públicas (15), sendo necessário ter formação em qualquer área do ensino superior e ensino médio. De todas as vagas que foram disponibilizadas, 02 são reservadas exclusivamente para as pessoas que são portadoras de necessidades especiais.

O órgão concede uma boa remuneração para os seus funcionários contratados. O salário inicial para Agente é de R$ 5.519,61 e de R$ 13.002,03 para Auditor. Os candidatos aprovados na seleção terão que cumprir uma jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Como será a prova

Os participantes do processo seletivo terão que fazer uma prova objetiva e outra discursiva, além de um teste de programação de formação que é aplicada somente para os concorrentes às vagas para Auditor de Contas Públicas. O exame objetivo e discursivo será realizado no dia 13 de janeiro para o cargo de Agente de Documentação, e em 14 de janeiro para Auditor, na cidade de João Pessoa.

A prova objetiva cobrará as seguintes disciplinas:

Agente de Documentação

· Direito Constitucional

· Língua Portuguesa

· Noções de Administração Pública

· Noções de Administração de Recursos Materiais

· Noções de Informática

· Atendimento ao Público

· Legislação Específica

Auditor de Contas Públicas

· Controle Externo da Administração Pública

· Língua Portuguesa

· Noções de Administração Orçamentária e Financeira e Orçamento Público

· Legislação Específica

· Direito Administrativo

· Administração Pública

· Direito Previdenciário




· Direito Financeiro

· Direito Constitucional

· Noções de Direito Penal

· Contabilidade Geral

· Contabilidade Pública

· Analista de Informações

· Matemática Financeira

· Administração Pública

A prova discursiva cobra as seguintes disciplinas:

Agente de Documentação

· Noções de Administração Publica

· Direito Constitucional

Agente de Contas Públicas

· Noções de Administração Orçamentária e Financeira e Orçamento público

· Controle Externo da Administração Pública

· Direito Administrativo

· Direito Financeiro

· Direito Constitucional

Os locais de prova ainda não foram informados. Segundo o edital, essa informação deve ser divulgada no dia 04 de janeiro, diretamente no site da banca organizadora. Após a realização das provas, os gabaritos preliminares serão publicados no dia 16 de janeiro, a partir das 19 horas, permitindo que os candidatos confiram o seu desempenho.

Como se inscrever

As pessoas que desejam participar do concurso TCE/PB podem se inscrever do dia 11 a 29 de novembro de 2017. O cadastro do participante deve ser feito no site da instituição organizadora da seleção (www.cespe.unb.br/concursos/tce_pb_17). Os candidatos precisam arcar com uma taxa de participação de R$ 80,00 para Agente de Documentação e R$ 120,00 para Auditor, que tem que ser paga até a data de vencimento para que a sua candidatura seja confirmada.

O curso terá uma validade de 2 anos, tendo a possibilidade de ser prorrogado por mais 24 meses, conforme critério definido pelo próprio TCE.

Última edição do concurso

A última edição do concurso do TCE/PB aconteceu em 2006, quando ofereceu 48 vagas para a função de Auditor de Contas Públicas, com especializações em Computação, Engenharia Civil, Direito, entre outras áreas. Na época, o processo seletivo foi conduzido pela Fundação Carlos Chagas. A prova foi estruturada em 120 questões, compreendendo as mesmas disciplinas atuais.

Por Simone Leal


Deixe seu comentário