Concurso Previsto do Banco do Brasil para 2018


  

Certame está indefinido, mas previsão é de que em 2018 seja liberado para execução.

O processo de seleção do Banco do Brasil para os anos de 2017/2018, que visa selecionar profissionais para a carreira de Escriturário de nível médio, ainda continua com indefinição de seu edital. Embora tenha com um lucro positivo que atinge 95,6% ao compara com o ano de 2016, o órgão continua adiando a execução de novos certames.

Caetano Minchillo, que é diretor do setor de Gestão de Pessoas da instituição, disse, há pouco tempo, que o BB irá retomar sua política de seleções. Ainda segundo o mesmo, ao olhar o banco com uma visão macro, não se identifica necessidade de contratar novos funcionários, já que é possível suprir tal necessidade por meio da readequação interna e reestruturação.

É válido lembrar que, foi registrada a saída de um total de 9.400 bancários, por meio de demissão voluntária. Os servidores acataram as condições que foram impostas pelo órgão. A quantidade equivale ao que, anteriormente, foi programado que era de 9.300. Segundo Caffarelli, a folha de pagamentos teve uma economia no valor de R$ 2,3 bilhões anuais, atingindo R$ 3,1 bilhões, depois de reduzir R$ 750 milhões ao fechar 400 agências. Agora a próxima etapa é fazer a realocação 9.300 servidores que tiveram a extinção de seus postos, processo que tem previsão de encerramento ainda este mês.




A portaria que foi publicada pela Dest do Ministério do Planejamento, o Departamento de Coordenação e Governança das Estatais, MPOG, Orçamento e Gestão, informou que o quadro de servidores do BB está estipulado em 115.495 funcionários. Hoje o órgão conta com 109.159, desta forma se registra uma necessidade de no mínimo 6.336 servidores.

O órgão conta com cerca de 1.500 postos de atendimento e 4.000 agências. Ao findar o ano de 2016, o processo já tinha sido começado e encerrou 51 agências. O BB ainda deseja criar unidades de atendimento digital, sendo 255 ao todo, devido o aumento de tais canais. O objetivo principal é elevar para 4 milhões, o número de clientes atendidos por tais unidades até findar 2017. Anteriormente essa quantidade era de 3,1 milhões.

Por Filipe Silva


Deixe seu comentário