Concurso Previsto da PRF para 2018


  

A solicitação da Polícia Rodoviária Federal é para preenchimento de 1.300 vagas e já está protocolada. A previsão é de que os salários cheguem a R$10 mil.

A PRF está com a expectativa de que o edital de abertura do processo de concurso seja feita em breve. O órgão, que já encaminhou a solicitação do edital ao MPOG (Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão), informou a quantidade de vagas necessárias.

A proposta anterior havia indicado a necessidade de 1.200 vagas, porém após revisão o número subiu para 1.300.

A PRF já teve solicitação negada no ano de 2016, quando solicitava 1.500 vagas.

Possível data para o edital

O processo sendo autorizado, o concurso deverá sair em breve, pois logo em seguida da autorização o edital sai no tempo médio de 2 a 3 meses. Tal tempo é necessário para que se faça a escolha da “banca organizadora do concurso”.

Nível nacional

Segundo fontes da Polícia Rodoviária Federal o concurso será nacionalizado e não regionalizado, ou seja, sem trazer vagas específicas por estado, considerando-se que a PRF é uma força nacional.

O concurso sendo nacional satisfará mais os interesses da própria PRF, pois conforme as políticas públicas e também governamentais será possível lotar o aprovado onde a administração perceber necessário.

Reajuste nos salários

O Projeto de Lei de nº 5865 / 2016 está prevendo aumentos progressivos para a categoria dos policiais, sendo que com os aumentos a remuneração inicial passará R$9.501,98 e projetando o aumento para o próximo ano o valor fica em R$9.931,57. Já no ano de 2019, o qual será o último conforme firmado no Projeto de Lei o valor do salário inicial chega a R$10.357,88. Nestes valores indicados já está constando o auxílio – alimentação no valor de R$458,00.

Diferentes atribuições

As tarefas e funções dos policiais rodoviários dependem da “classe”, a qual é dividida em 4 partes:




1. Classe Especial

2. Primeira Classe

3. Segunda Classe

4. Terceira Classe

Requisitos

Para ingressar na carreira serão necessários alguns requisitos:

· Nível Superior (qualquer área)

· CNH (Carteira Nacional de Habilitação) categoria B

· Passar nas avaliações: conhecimentos específicos, prova discursiva, capacidade física, avaliação de saúde, psicológica, investigação social, avaliação de títulos e curso de formação profissional

Por Silvano Andriotti


Deixe seu comentário