Certame oferta 500 vagas de emprego em diversos cargos.

Sonha em ingressar na carreira policial? Comece a sua preparação: edital autorizado para 500 vagas de nível superior: Agente, Delegado e Perito. A nova abertura do concurso foi autorizada pelo novo Ministro da Segurança Pública. Também está autorizada a abertura do certame para Polícia Rodoviária Federal.

O orçamento da pasta é de R$ 2,7 bilhões e depois da reunião que teve com o Ministério do Planejamento ficou estabelecido de que não terá contingenciamento das verbas. A pasta reúne todos os órgãos que são vinculados ao Ministério da Justiça, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, além da Secretaria Nacional de Segurança Pública.

Que tal começar os seus estudos para o concurso da Polícia Federal? O novo certame contará com oportunidades para a área policial, uma vez que o concurso para área administrativa permanece vigente até este ano, ou seja, os candidatos ainda podem ser convocados. O último concurso para área policial ocorreu em 2014 e foi para o cargo de Agente.

Concurso PF: cargos previstos

O próximo edital deve contar com oportunidades para o cargo de Delegado, em que o interessado deve ter nível superior em direito e a remuneração é de nada menos que R$ 22.672,48 e no início de 2019 passará a ser de R$ 23.692,74.

Outra oportunidade esperada é para Perito Criminal Federal, que é necessário ter nível superior de acordo com as especialidades exigidas, e abrange áreas como física, engenharia, farmácia, biomedicina, ciências contábeis, odontologia, medicina, entre outras. A remuneração é a mesma do cargo de Delegado.

Além disso, o concurso também deve ter oportunidade para a carreira de Agente, sendo necessário nível superior em qualquer área e a remuneração inicial é de R$ 11.439,86, e em 2019 esse valor corresponderá a R$ 12.522,50.

O concurso PF conta com vários benefícios, além da remuneração. Um dos principais é o auxílio alimentação que corresponde a R$ 458,00 e o plano de carreira. Por exemplo, delegado e perito na classe especial tem a remuneração de R$ 30.936,91. Agente e escrivão na classe especial o valor da remuneração é de R$ 18.651,79.

Sobre o último concurso da PF




O último certame da PF ocorreu em 2012 e contou com 600 vagas, que foram distribuídas do seguinte modo: 100 para a carreira de papiloscopista, 500 para agente, 350 para escrivão, 100 para perito e 150 para o cargo de Delegado da Polícia Federal. Para concorrer, ao cargo de papiloscopista, agente ou escrivão era necessário nível superior em qualquer formação, para delegado, era preciso ser bacharel em Direito e ter, pelo menos, três anos de atividade jurídica ou policial, e para perito era necessário ter formação em áreas específicas.

Organizado pelo Cespe/Unb, no total teve 290.780 mil inscritos, e um dos cargos mais disputados foi para Agente que teve 107.859 candidatos. Para escrivão, foram 83.619, Delegado 46.633 e para perito 41.384.

A prova objetiva para Agente foi composta por 120 questões e a prova discursiva, foi composta de um texto dissertativo. Ambas as etapas foram de caráter eliminatório e classificatório. Além dessas fases, os candidatos também foram avaliados por exame de aptidão física, exame médico e avaliação psicológica.

Além disso, no ano de 2014 também teve um concurso da Polícia Federal para o cargo de Agente e na ocasião contou com 98 mil inscritos. Confira o último edital do concurso: http://www.cespe.unb.br/concursos/DPF_14_AGENTE/arquivos/EDITAL_N___55___ABERTURA.PDF.

A expectativa é que o próximo edital do concurso PF seja divulgado nas próximas semanas, e a organizadora seja, também, a Cespe/Unb. Por isso, não perca tempo e comece a sua preparação para o certame. Faça um planejamento que inclua a parte teórica, exercício e revisão. Faça questões e simulados, sobretudo da banca Cespe/Unb.

Bons estudos e muito sucesso!

Por Babi


Leave your comment