Concurso Correios 2017 – Inscrições


  

Concurso oferece vagas para profissionais de nível médio, técnico e superior. Inscrições podem ser feitas até o dia 20 de outubro de 2017.

Você almeja trabalhar em uma das empresas mais tradicionais do Brasil? Isso pode ser alcançado através do Concurso Público dos Correios, que está com as inscrições abertas para selecionar novos funcionários e cadastro reserva em várias cidades do país. No total, as oportunidades são voltadas para 25 Estados, mais o Distrito Federal.

O concurso oferece salários de até R$ 4,9 mil, além de vários benefícios concedidos aos servidores públicos. As vagas são para o preenchimento de cargos de nível médio, superior e formação técnica. Os interessados em participar da seleção devem ficar atentos aos prazos para se inscrever e como a prova será aplicada. Confira abaixo mais informações sobre o concurso público dos Correios:

Sobre o concurso

As inscrições para o concurso público dos Correios de 2018 estão abertas desde o dia 09 de outubro e serão concluídas até dia 20 do mesmo mês.

O processo seletivo está disponibilizando vagas para 25 Estados e para Brasília. Ao total são 88 vagas, mais oportunidades para cadastro de reserva para as áreas de saúde, engenharia e segurança. Porém, é importante ressaltar que 11 oportunidades são voltadas exclusivamente para as pessoas que se declaram negras e 20 para os portadores de necessidades especiais.

O concurso tem validade de um ano. Ter concluído e Ensino Médio e formação técnica são exigência para quem deseja ocupar o cargo de auxiliar de enfermagem do trabalho júnior, que tem 12 postos e um salário de R$ 1.876,43. Já para técnico em segurança do trabalho são 21 postos e remuneração de R$ 2.534,14.

As vagas que pedem formação de nível superior são para preencher os cargos de enfermeiro do trabalho (com 2 postos e salário de R$ 4.689,13), médico do trabalho júnior (com 44 postos e remuneração de R$ 4.903,05) e engenheiro de segurança do trabalho júnior (que tem 9 postos e paga R$ 4.903,05). A jornada de trabalho é de 8 horas por dia, totalizando 220 horas por mês.

Aplicação da prova




A prova do concurso público dos Correios será aplicada em uma única etapa, sendo objetiva e composta por 50 questões de múltipla escolha. Conforme informado no edital, o exame será realizado no dia 26 de novembro e em todas as cidades que estão disponibilizando as vagas.

O concurso cobrará dos candidatos conteúdos de Língua Portuguesa, Matemática, Informática, Raciocínio Lógico, legislação aplicada aos Correios e conhecimentos específicos exigidos para cada área profissional selecionada pelo participante no ato da inscrição.

Benefícios

Os aprovados no concurso dos Correios receberão diversos benefícios trabalhistas, tais como:

  • Plano de Carreiras, Cargos e Salários, mais PCCS;
  • Possibilidade de crescer e se desenvolver profissionalmente;
  • Vale-alimentação e refeição;
  • Vale –transporte;
  • Auxílio creche ou babá;
  • Auxílio para filhos dependentes com deficiência;
  • Possibilidade de aderir ao Plano de Previdência Complementar, o POSTALPREV, que é disponibilizado através do Instituto de Seguridade Social dos Correios.

Ao ser selecionado para preencher as vagas disponíveis, o profissional será contratado de acordo com as normas da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), mediante Contrato de Experiência. Durante esse período, o candidato será avaliado para que seja firmado o Contrato por Prazo Indeterminado. A empresa analisará se ele está se adequando ao cargo, apresenta um desempenho satisfatório nas suas atividades e nos treinamentos, conforme os critérios de avaliação de produtividade dos Correios.

Como se inscrever

As inscrições para o concurso público dos Correios devem ser feitas até às 22 horas do dia 20 de outubro de 2017, por meio do site oficial da Iades, que é a banca organizadora do processo seletivo. A taxa de inscrição é de R$ 50,00 para cargos de nível médio e técnico, e de R$ 70,00 para formação superior. O pagamento da taxa tem que ser efetuado até o dia 26 de outubro, do contrário a sua candidatura será invalidada.

Simone Leal


Deixe seu comentário