Concurso AGED-MA 2017/2018 – Banca Organizadora Definida


  

Após definição da Banca Organizadora, Edital de Abertura deverá ser divulgado em breve.

O certame irá contar com uma oferta de 173 vagas, as quais serão distribuídas em diversos cargos. As opções irão contemplar os níveis de escolaridade médio e superior.

A AGED MA (Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão) já procedeu e concluiu a definição da banca que irá organizar seu novo concurso público. A empresa responsável pela seleção no concurso será a FCC (Fundação Carlos Chagas), isto conforme uma declaração divulgada recentemente por Sebastião Anchieta Filho, presidente do órgão governamental.

Liberação do Edital

A expectativa relacionada a data para a liberação do edital do concurso aponta ainda para o mês de setembro, o que confirma declarações dadas pelo diretor de recursos humanos da AGED MA, Raimundo Assunção Amaral, o qual também já havia anunciado que a seleção seria iniciada ainda no segundo semestre de 2017.

A seleção já vem sendo aguardada desde o mês de novembro de 2014, quando foi autorizada pela Secretaria de Planejamento, porém, em 2015 os preparativos foram cancelados temporariamente, isto devido ao processo de contenção de gastos promovido pelo governo estadual por decorrência da crise econômica na qual o país se apresentava.

Já em maio do ano passado os preparativos para a seleção foram retomados. Na oportunidade, o governador Flávio Dino anunciou através de redes sociais uma nova autorização para a realização do certame.

A autorização no ano de 2014 havia sido para 179 vagas, porém, agora o número de vagas ficou um pouco menor: 173 vagas oportunizadas para aqueles candidatos que possuem ensino médio e ensino superior. A remuneração para cada oportunidade de vaga ainda será indicada.

Considerando o ano de 2014, as vagas eram distribuídas da seguinte forma:

· Carreira de fiscal agropecuário: 25 vagas (20 para veterinários e 5 para agrônomos);

· Assistentes de fiscalização: 75 (técnicos agrícolas)

· Auxiliares de fiscalização nível médio: 75

· Contador: 01




· Advogado: 01

· Jornalista: 01

· Profissional de Tecnologia da Informação: 01

Conforme declaração de Fernando Lima, ex-diretor geral da AGED, as vagas serão para suprir de forma principal as demandas da área de defesa sanitária animal, sendo que o concurso é consequência do resultado de um trabalho feito pela área responsável pela defesa agropecuária estadual.

O concurso é, na realidade, um dos últimos compromissos pendentes, os quais haviam sido assumidos pelo governo, junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), dentro do Plano de Ampliação da Zona Livre de Febre Aftosa, o qual teve seu desfecho no mês de maio de 2014, ocasião em que o estado do Maranhão, além de outros 6 estados do Nordeste e também o Pará, foram reconhecidos pela OIE (Organização Mundial de Saúde Animal), como zona livre de incidência da febre aftosa.

Oportunidade de carreira na AGED

O concurso da AGED (Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão) certamente será uma excelente oportunidade para ingresso e carreira em uma agência estadual.

Principalmente em um momento que o país acompanha altos índices de desemprego, ter segurança profissional, como a entregue pelo serviço público concursado, é um privilégio de poucos, com mais ênfase ao comparar médias de salários no mercado de trabalho convencional.

A AGED

A Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão consiste em uma autarquia com vínculo na Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Pesca, a qual foi constituída conforme os termos da Lei nº 7.734 do dia 19 de abril de 2002, sendo regulamentada pelo decreto nº 18.596, do dia 25 de abril do ano de 2002.

Seus colaboradores são profissionais treinados e capacitados para a realização de diversas ações educativas, as quais são feitas junto ao público alvo da agência, sempre buscando mudanças de comportamento para o melhor desenvolvimento da agropecuária no estado, atuando em várias frentes e projetos.

Mais informações pelo site www.aged.ma.gov.br.

Boa Sorte!

Por Silvano Andriotti


Deixe seu comentário